quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Relatório sobre violência contra a mulher em SC é destacado em encontro nacional

Uma das imagens do Relatório sobre Violência contra a Mulher em SC

         O trabalho realizado pela Bancada Feminina da Assembleia Legislativa para traçar um diagnóstico da violência contra as mulheres em Santa Catarina foi referência hoje nos debates do Encontro Nacional do Ministério Público em Florianópolis, com a participação de integrantes da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República. Em sua manifestação sobre o tema, o Procurador-Geral de Justiça, Lio Marcos Marin, destacou o relatório produzido pela Bancada Feminina como resultado de sete seminários realizados ao longo de 2012. Coordenada pela deputada Ana Paula(PT), a Bancada organizou os seminários para levantar informações sobre a implementação da Lei Maria da Penha no estado e debater com a sociedade as alternativas para a diminuição da violência. O documento, que denuncia a falta de políticas públicas em SC para proteção às mulheres contra a violência, foi encaminhado a órgãos do governo, Ministério Público e entidades. Além de Ana Paula, a Bancada Feminina é integrada pelas deputadas Angela Albino (PCdoB), Luciane Carminatti (PT) e Dirce Heiderscheidt (PMDB). 
         
Leia mais informações sobre os debates em Santa Catarina::

SPM reforça campanha pelo fim da violência contra as mulheres nos 16 Dias de Ativismo


Encontro das assessorias coletivas do PT

Nesta quinta-feira, a deputada Ana Paula fez parte da Mesa de Abertura do Encontro das Assessorias Coletivas das Bancadas do PT das Assembleias Legislativas de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. A ideia é intensificar a troca de experiências da atuação parlamentar nos três estados do Sul. O encontro aconteceu no plenarinho Paulo Stuart Wright, no Parlamento Catarinense. Na foto, da esquerda para a direita: Ana Paula, o deputado estadual Raul Pont (RS), o deputado Dirceu Dresch, líder da Bancada do PT em SC, e o presidente do Diretório do PT catarinense, José Fritsch.  

Foto coletiva dos deputados e assessores técnicos que participaram do encontro.

 

Assessoria de Imprensa do Mandato




quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Deputados fazem novas visitas aos hospitais


Ana Paula chegando no Hospital Maternidade Carmela Dutra
Durante a manhã desta quarta-feira (28), deputados estaduais realizaram novas visitas a hospitais dos municípios de Florianópolis e São José. A deputada e enfermeira Ana Paula (PT), integrou a comissão que é integrada também pelo presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, deputado Volnei Morastoni (PT). 
Deputados conversam com médica na Carmela Dutra
Hoje as visitas aconteceram em três hospitais: Instituto de Cardiologia e Hospital Regional de São José e, em Florianópolis, a visita aconteceu no Hospital Maternidade Carmela Dutra. Ontem, os deputados estiveram no Hospital Infantil Joana de Gusmão e Hospital Celso Ramos, ambos em Florianópolis.

Deputados na visita ao Instituto de Cardiologia de São José

O objetivo dos deputados é identificar os reais problemas vivenciados nos hospitais e a qualidade do atendimento à população, além das condições de trabalho dos profissionais que atuam nas instituições. A ideia é visitar hospitais em todas as regiões do estado e o levantamento da situação desses hospitais fará parte de um relatório. O documento será mais um instrumento para exigir do governo do estado as medidas necessárias para a implementação de melhorias na saúde pública de Santa Catarina.
A reunião da comissão com a direção do Hospital Regional de São José
  Já nos dois primeiros dias de visitas aos hospitais, os deputados confirmaram que a situação da saúde pública em Santa Catarina é dramática. De acordo com depoimentos de profissionais que trabalham nos hospitais, e também pela constatação dos deputados, há diversos problemas, que são enfrentados por quem necessita desses serviços como número  insuficiente de trabalhadores, falta de medicamentos, estrutura inadequada dos hospitais, falta de leitos. "Esses problemas vêm acontecendo há muito tempo, é anterior à greve dos servidores da saúde", declararam várias pessoas aos deputados, numa referência à greve de mais de um mês dos trabalhadores na saúde. "Há anos que a área da saúde está abandonada em Santa Catarina e piorou muito, ultimamente. Só com muita paixão pelo nosso trabalho é que conseguimos nos submeter ao que estamos vivendo", disse uma médica à comissão. 

Informações: Assessoria de Imprensa do Mandato - Fotos: Divulgação

Ana Paula defende reabertura de negociações entre governo e trabalhadores em greve

Em assembleia dos trabalhadores da Saúde em Santa Catarina, realizada na manhã desta quarta-feira (28) em frente ao Parlamento Estadual), a deputada Ana Paula (PT) defendeu, mais uma vez, a reabertura das negociações entre o governo do estado e os servidores. A deputada reiterou seu apoio às reivindicações dos trabalhadores, que pedem melhores condições salariais e de trabalho, e responsabilizou o Governo do Estado pela atual crise vivida na saúde. "Nossa população merece ser bem atendida. Precisamos de uma saúde pública de qualidade. É necessário que o governo se sensibilize para a situação difícil que estamos vivendo e aponte uma solução para essa crise", disse a parlamentar.

Informações e foto: Assessoria de Imprensa do Mandato


terça-feira, 27 de novembro de 2012

Ana Paula participa de Encontro Catarinense de Políticas Públicas sobre Drogas


"Precisamos discutir a drogadição a partir de três eixos que são a prevenção, 
o cuidado com o usuário, com seu encaminhamento ao tratamento 
ao tratamento e o enfrentamento ao tráfico de drogas.
Essas ações precisam ser integradas entre a União, o estado, municípios e sociedade civil, 
com o objetivo de aumentar a oferta de tratamento de saúde aos usuários de drogas;
 enfrentar o tráfico e as organizações criminosas e
  ampliar ações de prevenção por meio da educação, informação e capacitação."

       Trecho do discurso da deputada Ana Paula(PT), na noite desta terça-feira, na abertura do I Encontro Catarnense de Políticas Públicas sobre Drogas,  no Oceania Park Hotel, em Ingleses, Florianópolis. O evento encerrará na próxima quinta-feira (29).


Assessoria de Imprensa do Mandato

Começa a 14ª edição do Parlamento Jovem na Alesc

"É muito importante o jovem se interessar pela política e conhecer de perto o nosso trabalho na Assembleia Legislativa, onde representamos a nossa população e temos a atribuição de elaborar as leis", disse a deputada Ana Paula (PT) aos participantes da 14ª Edição do Parlamento Jovem, que iniciou hoje e encerrará na próxima quinta-feira(29).
A deputada é autora do projeto que criou o Parlamento Jovem, dando a oportunidade de estudantes de todas as regiões do estado acompanharem a dinâmica da Assembleia Legislativa e o processo de elaboração e aprovação de leis.
Participam do Parlamento Jovem os estudantes do ensino médio, com até 21 anos, regularmente matriculados, nas escolas públicas e privadas do Estado de Santa Catarina, que foram sorteadas para a 14ª edição.
Os debates acontecem no plenarinho Paulo Stuart Wright, na Alesc.


Informações: Assessoria de Imprensa do Mandato - Fotos: Carlos Kilian/Alesc

Deputados fazem vistoria nos hospitais

A deputada Ana Paula(PT) integrou comitiva de parlamentares que realizaram vistoria nos Hospital Infantil Joana de Gusmão e Hospital Celso Ramos, em Florianópolis, na manhã desta terça-feira. A imprensa acompanhou as vistorias. O objetivo da vistorias, coordenadas pelo presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, deputado Volnei Morastoni (PT), foi identificar os principais problemas vividos no atendimento à população. Os parlamentares também querem que o Governo do Estado reabra imediatamente as negociações com os trabalhadores da saúde em greve há mais de uma mês. 
 Nas duas instituições, os deputados ouviram relatos dramáticos sobre a situação da saúde pública no estado."É lamentável o descaso para com o setor da saúde em nosso estado", declarou a deputada Ana Paula. Ela declarou que a saúde, que deveria ser tratada com prioridade, vem sendo negligenciada há muitos anos em SC. "Faltam mais profissionais, estrutura adequada para os atendimentos e até medicamentos", disse a deputada. "E esses problemas são muito anteriores à paralisação. 
Com a greve dos profissionais, essa situação gravíssima ficou mais evidente, inclusive pela denúncia dos próprios trabalhadores", completou Ana Paula.  
 Profissional da saúde mostra aos deputados e à imprensa a foto que documenta policial disparando spray de pimenta contra representantes dos trabalhadores da saúde em greve. O fato aconteceu ontem, na frente da sede administrativa do governo.

 Equipamentos abandonados no setor de ortopedia no Hospital Celso Ramos.

Imagem de setor fechado no Hospital Infantil Joana de Gusmão.


Informações e fotos: Assessoria de Imprensa do Mandato






segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Ana Paula destaca duplicação da BR-470

                                                  Foto: Carlos Kilian/Alesc
 A deputada Ana Paula (PT) falou hoje sobre o processo de concorrência realizado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura (Dnit) em Santa Catarina, que definiu a empresa responsável pela execução da obra de duplicação do terceiro lote da BR-470, que faz a ligação entre Gaspar e Blumenau. “É a consolidação do compromisso assumido pelo Governo Federal com Santa Catarina. Quando esteve em Blumenau, a Presidenta Dilma Rousseff  falou sobre a necessidade da duplicação da BR-470 e reafirmou que trataria com prioridade a realização dessa obra, tão aguardada pela população da nossa região”, disse a parlamentar. O consórcio de empresas Momento/Conpasul/Iccila, vencedor da concorrência,  orçou a obra em R$ 140,6 milhões  - ao todo, 15 consórcios e empresas participaram da licitação.
       Ana Paula, que participou de audiências públicas  na região e também de reuniões com autoridades federais sobre a importância da duplicação da BR-470, elogiou a postura do Governo Federal e a atenção para as reivindicações locais. “Com muito planejamento e estudos que apontam as demandas existentes no país, o nosso governo tem dado prioridade às obras de infraestrutura, tão importantes para desenvolvimento que estamos vivenciando no país.  Agora, com os encaminhamentos para a realização da obra, cabe à sociedade organizada e os agentes públicos fazerem o acompanhamento”, declarou a deputada.
      De acordo com informações do DNIT, a próxima etapa é a análise dos documentos de habilitação e da proposta orçamentária do grupo que venceu a licitação, para a posterior publicação dos resultados no Diário Oficial da União. A assinatura da ordem de serviços deve ocorrer no primeiro trimestre de 2013. Mais dois lotes devem ser licitados até o final deste ano: o lote 04, entre Blumenau e Indaial ( obra de 15,40 quilômetros)  e o lote 01, entre Navegantes e Luis Alves (18,6 quilômetros). A licitação para o lote 02, entre Luis Alves e Blumenau (26,3 quilômetros) deve ocorrer até março de 2013. No total, serão 74 quilômetros de duplicação entre os municípios de Navegantes e Indaial.  A expectativa é que, após a ordem de serviços, a obra seja concluída num prazo de quatro anos.

Assessoria de Imprensa do Mandato

domingo, 25 de novembro de 2012

16 Dias de Ativismo


A eliminação de toda e qualquer forma de violência e discriminação. Este é o objetivo da campanha global "16 dias de ativismo", iniciada em 20 de novembro com o Dia da Consciência Negra. Em 159 países, estão sendo trazidos para a agenda pública debates sobre a necessidade de acabar com a discriminação étnico racial e toda forma de violência contra a mulher. Também faz parte dessa agenda, o trabalho de conscientização para a erradicação da AIDS. Através da campanha, neste domingo, Dia de Combate à Violência contra as Mulheres, acontecem atos simbólicos em diversas partes do mundo. Os 16 dias de ativismo serão encerrados em 10 de dezembro, Dia da Declaração dos Direitos Humanos.

Assessoria do Mandato

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

A duplicação entre Gaspar e Blumenau



Acontecerá na sede do Departamento Nacional de Infraestrutura (DNIT), hoje em Florianópolis, a escolha da empresa que será a responsável pela execução das obras de duplicação dos 12,9 quilômetros da BR-470 entre Gaspar e Blumenau. O mandato da deputada Ana Paula (PT) tem acompanhado os debates da comunidade e das autoridades sobre a importância da realização dessas obras para a região.


Leia aqui matéria divulgada no Jornal de Santa Catarina:


Quem duplicará a rodovia



quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Ana Paula cobra atenção do Governo de SC com escolas públicas

Ana Paula apresentou reportagem com cenas que mostram situação
 dramática de escolas públicas em SC
A precariedade das escolas da rede pública em Santa Catarina pautou o pronunciamento da deputada Ana Paula Lima, na tribuna da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (21). A parlamentar cobrou o compromisso do Governo do Estado com a qualidade da educação, principalmente por meio da valorização dos professores e a garantia de estruturas adequadas ao ensino e aprendizado.
A deputada exibiu no plenário uma reportagem veiculada nesta semana no Jornal do Almoço, da RBS-TV, que mostra a situação de instituições de ensino em Florianópolis e Palhoça. Fios elétricos expostos, infiltrações, esgoto a céu aberto, goteiras, telhados prestes a desabar e infestação de cupins foram alguns dos problemas verificados pela reportagem. As três escolas aguardam pela reforma anunciada pela Secretaria Estadual de Educação há seis meses.
De acordo com Ana Paula, a situação não ocorre apenas na Capital e sua região metropolitana, mas é realidade em todas as regiões de Santa Catarina, colocando em risco a integridade física e psicológica de professores e estudantes da rede pública de ensino.
Para a deputada, o Estado deveria rever seus métodos de gestão e prioridades, porque enfrenta uma sucessão de problemas em diversas áreas. “Vivemos um drama na segurança pública que assusta diariamente a população catarinense e estamos prestes a ter uma greve dos agentes priosionais. Amanhã completamos um mês da greve da saúde. Na educação, os problemas se repetem. A marca deste Governo é a ineficiência e o prejuízos à população que precisa de saúde, educação e segurança. Esta administração precisa levar a sério o discurso de que a prioridade são as pessoas”, concluiu.


Assista aqui a reportagem exibida durante o pronunciamento da deputada na Alesc      

terça-feira, 20 de novembro de 2012

20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra

Neste “Dia da Consciência Negra”, faço reverência a todas as pessoas que, de alguma maneira, contribuem para a construção de relações de solidariedade entre todos os povos. Os padrões civilizatórios nos quais vivemos hoje não são compatíveis com racismo, discriminação e preconceito.
                                                                                                                             Ana Paula

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Ana Paula vai homenagear trabalho social


Irmã Hedwiges Hofer no trabalho educativo com crianças
O trabalho comunitário da irmã Hedwiges Hofer  e sua dedicação em defesa de justiça social serão homenageados pela deputada Ana Paula (PT) em sessão solene que acontecerá na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, às 19h desta segunda-feira (19). Nascida em Itapiranga (SC), a irmã Hedwiges Hofer foi integrante da Congregação da Divina Providência e hoje pertence ao grupo das irmãs da Fraternidade e Esperança. Com 80 de idade, ela realiza  trabalho educacional  com crianças e idosos no Morro do Mocotó, em Florianópolis, onde reside.
A sessão solene marcará a outorga da Comenda do Legislativo Catarinense, quando cada parlamentar vai homenagear uma personalidade ou entidade que se destaque no estado. Neste ano, algumas homenagens também acontecerão por indicação da Mesa Diretora da Casa. Com essa homenagem, o Parlamento reconhece ações promovidas por personalidades e organizações que ajudam a formar um estado mais justo e humano. A Comenda do Legislativo Catarinense foi instituída pela Resolução nº 02/08, que unifica as homenagens concedidas pelo Legislativo estadual. Podem ser agraciadas pessoas físicas, jurídicas ou outras entidades que realizem ações relevantes e de destaque em Santa Catarina.

Informações: Assessoria de Imprensa do Mandato e da Alesc
Foto Divulgação 

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Declarações de Ana Paula sobre crise na segurança em SC repercutem na mídia nacional

Ana Paula tem apontado equívocos na segurança pública em SC

     Declarações da deputada Ana Paula(PT) sobre a crise na segurança pública em Santa Catarina e a atuação do Governo do Estado diante da onda de ataques que há quatro dias ocorrem em diversas cidades, repercutiram na imprensa nacional. Em matéria divulgada hoje pelo site Terra, sob o título "Governador diz que a situação está sob controle e é criticado", foi destacada a opinião da parlamentar, que há muito tempo vem questionando a forma como o governo do estado conduz as ações na área de segurança. "Espero que, realmente, a afirmação do governador corresponda à realidade e que a população possa contar com segurança, que é uma atribuição do Estado", disse a deputada à reportagem.    
     Ainda no Terra, há uma referência ao discurso de Ana Paula na tribuna da Assembleia Legislativa, na última terça-feira(13), quando ela expressou sua preocupação com o agravamento na área de segurança, além da crise em outros setores da administração pública. Diz a matéria: 'A população elegeu um governo que fez propaganda dizendo que iria melhorar a vida das pessoas', afirmou. 'No entanto, a educação enfrenta sérios problemas, há greve na saúde, o sistema prisional está falido e a população está com medo diante a onda de ataques.'" O pronunciamento de Ana Paula na Alesc, exigindo mudanças nas políticas públicas de segurança em SC, também foi divulgado no site nacional do Partido dos Trabalhadores.

Leia aqui matéria do Terra: 
  
E a matéria no site nacional do PT:



Informações: Assessoria de Imprensa do Mandato

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

15 DE NOVEMBRO

A Proclamação da República Brasileira aconteceu em 15 de novembro de 1889. Agora, em no século XXI, a data pode ser comemorada com a presença de uma mulher na Presidência a República: Dilma Rousseff . A atuação da nossa Presidenta, além de reafirmar a conquista de avanços sociais, também fortalece a construção de uma sociedade mais igualitária entre homens e mulheres.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

SC: DEPUTADA ANA PAULA EXIGE MUDANÇAS NAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE SEGURANÇA


Capas de jornais catarinenses, hoje, com imagens da insegurança

     
   Os momentos de terror  vividos nas cidades catarinenses, nos últimos dias,  exigem a soma dos esforços das autoridades e uma reflexão sobre os equívocos que vêm sendo cometidos ao longo dos anos na Segurança Pública no estado. Esta é a opinião da deputada Ana Paula (PT), que há muito tempo cobra do governo estadual a implementação de políticas públicas efetivas  não só de enfrentamento ao crime organizado, mas também de prevenção; a valorização dos efetivos policiais, com salários dignos, treinamento e capacitação; e investimentos na estrutura de proteção à população, a exemplo da instalação das câmeras de segurança em locais estratégicos das cidades.
       “Segurança pública foi tema de inúmeras intervenções do nosso mandato, tanto no Parlamento como na realização de audiências, onde ouvimos a população do nosso estado, há muito tempo  amedrontada com a crescente onda de criminalidade”, disse Ana Paula, nesta  quarta-feira. “Temos vivenciado uma realidade ameaçadora nas cidades da nossa região, o Vale do Itajaí,  em Florianópolis e outros municípios. Agora,  assistimos a este terror sem precedentes, que exige por parte das autoridades a realização de um trabalho que, por negligência ou falta de vontade política, deixou de ser feito”, disse a deputada.
    Foram oito atentados na primeira noite – segunda para terça-feira – e, na noite passada, dobraram os atos de violência . Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública Estadual, foram atingidas: Navegantes , Criciúma , Florianópolis , Itajaí  e Blumenau .  Até o início da manhã de hoje,  um total de 19  pessoas foram detidas pela Polícia Militar.
     “É importante registrar que esta onda de violência em Santa Catarina tem também sua sua raiz no clima de terror  vivido no estado de São Paulo, cujo governo, do PSDB, se recusa a implantar as políticas públicas do Governo Federal, como o PRONASCI, as UPPS e as políticas de prevenção e combate às drogas. São políticas que podem melhorar a vida da população, a exemplo do que já ocorre no Rio de Janeiro. E que somente agora, após o registro de mais de 500 mortes em 90 dias, resolve assinar os convênios do PRONASCI com o Governo Federal.  
      Além da crise na Segurança Pública, Ana Paula aponta que é grave a situação em outras áreas estratégicas no estado. “A população elegeu um governo que fez propaganda dizendo que iria melhorar a vida das pessoas. No entanto, a educação enfrenta sérios problemas, há greve na saúde ,o sistema prisional está falido e a população está com medo diante da onda de ataques”, destacou Ana Paula.
 “Com a atribuição de representar os catarinenses  no Parlamento, sou solidária às ações para melhorar a vida das pessoas. No entanto, não posso aceitar tanta imobilidade e paralisia do governo do estado, que deixou a situação chegar a esse patamar. Santa Catarina  precisa rever imediatamente todas as suas políticas de segurança pública e , para isso, precisamos urgentemente de Governo.”   
Informações: Assessoria de Imprensa do Mandato

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Ana Paula propõe leis de proteção aos animais



Em discurso nesta terça-feira, deputada lamentou
 a crueldade praticada contra animais
“Em qualquer circunstância, a sociedade deve proteger a vida, evitar toda forma de maltrato e sofrimento aos outros seres e buscar exemplos de civilidade em nosso mundo contemporâneo”. Com estas palavras, a deputada Ana Paula (PT) iniciou seu pronunciamento na sessão desta terça-feira (13) da Assembleia Legislativa para destacar uma das bandeiras do seu mandato: o combate a toda forma de violência, inclusive contra os animais.
A parlamentar elogiou o trabalho que tem sido realizado no estado por entidades que trabalham pela proteção aos animais: “Tais movimentos voluntários são imprescindíveis”, disse ela. “Acompanhamos a organização, mobilização e defesa das ONGs Aprablu, de Blumenau, Alma Bicho, de Pomerode, Viva Bicho, de Balneário Camboriú e Ecosul, de Florianópolis. Todas estas organizações sobrevivem de doações de associados e de venda de produtos voltados ao bem estar dos animais de estimação”.
Em 2010, na Alesc, a deputada homenageou entidades protgetoras do animais
       "Somente através da ética e do respeito às demais formas de vida é que será possível propiciar um futuro com desenvolvimento pleno, focado no crescimento sustentável, na convivência sem violência e nas transformações que a nossa sociedade tanto anseia". (Ana Paula)                         

Leia também:


domingo, 11 de novembro de 2012

Em Blumenau acontece hoje a 14ª Cãominhada

Ana Paula e sua participação em atos de defesa dos animais
Acontece neste domingo, em Blumenau, a 14ª edição da Cãominhada. A ideia dos organizadores do evento, é levar os animais de estimação para um passeio em algumas ruas centrais da cidade como forma de chamar a atenção para o cuidado e a não violência. A deputada Ana Paula (PT), cujo mandato na Assembleia Legislativa tem ações voltadas à proteção dos animais contra os maus-tratos, defende a importância de manifestações como esta que já se tornou tradicional na sua cidade: "Parabenizo a todas as pessoas que, através de entidades, ou também pelo trabalho individual, se dedicam a debater a importância da proteção aos animais. A sociedade mais humanizada e feliz, que sonhamos construir, não pode tolerar nenhum tipo de violência".

Informações e foto: Assessoria de Imprensa do Mandato

sábado, 10 de novembro de 2012

Deputada Ana Paula e o debate sobre adoção

                                     
O processo de adoção legal foi um dos principais temas debatidos no 9° Encontro Estadual de Grupos de Estudos e Apoio à Adoção (GAA). Promovido pelo judiciário catarinense, o evento que aconteceu nos dias 8 e 9 de novembro, em Balneário Camboriú, teve o objetivo de realizar um trabalho conjunto para capacitar profissionais de entidades de acolhimento, do Ministério Público e do Poder Judiciário, como forma de garantir um trabalho articulado e qualificado voltado para criança e adolescente em situação de risco ou abandono. A deputada  Ana Paula Lima (PT), que representou a Assembleia Legislativa no evento,  ressaltou que, entre os diversos assuntos que fazem parte da agenda temática do Parlamento, o tema adoção vem sendo trabalhado de forma expressiva através da campanha “Laços de Amor”, assim como outras parcerias que visam reduzir o alto índice de crianças em abrigos. A parlamentar salientou que, além de repercutir saldos positivos, a abordagem do tema requer outras medidas como a questão orçamentária, na área de assistência social. “Santa Catarina é penúltimo estado da federação, perdendo apenas para o Piauí no orçamento da assistência social, que trata das questões humanas e da fragilidade das pessoas”,  declarou Ana Paula.

Leia também:








(Informações do mandato com a cobertura da  Assessoria de Imprensa da Alesc)

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Governo Dilma investe R$ 2,7 bilhões em alfabetização na idade certa


Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
Em cerimônia de lançamento do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, na última quinta-feira (8), no Palácio do Planalto, a presidenta Dilma Rousseff destacou a importância da alfabetização até os oito anos de idade para garantir a igualdade de oportunidades a todos os brasileiros. O programa prevê investimentos de R$ 2,7 bilhões até 2014 em capacitação, material didático e bolsas para cerca de 360 mil professores alfabetizadores.
“Nós todos precisamos nos comprometer com a alfabetização na idade certa. O nosso compromisso com esse pacto é garantir que toda criança de até oito anos, que estuda em escola pública, tenha o domínio da leitura e da escrita, e conheça as primeiras operações. Esse é o fundamento a partir do qual se construirá etapa por etapa uma vida cidadã. É o ponto de partida para que todos os brasileiros tenham, quando chegar a hora, a oportunidade de competir, sempre em igualdade de condições”.

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Ana Paula representa Alesc em evento sobre adoção

Nesta quinta-feira (08), a deputada Ana Paula representou a Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina no 9º Encontro Estadual de Grupos de Estudos e Apoio à Adoção, realizado em Balneário Camboriú. Entre os temas discutidos no encontro, estão  O Papel dos Grupos na Defesa da Adoção Legal e A Prevenção ao Fracasso de uma Adoção. Desde o seu primeiro mandato como deputada estadual, iniciado em 2003, Ana Paula tem se engajado em campanhas e discussões com a sociedade com o objetivo de chamar a atenção para a importância da sociedade quebrar tabus quanto à adoção de crianças e adolescentes.

A homenagem a Alda Niemeyer

Alda Niemeyer e MInistro da Integração  
"Enquanto tiver saúde vou trabalhar para ajudar as pessoas da minha cidade", declarou Alda Schlemm Niemeyer, uma das homenageadas com a Medalha Defesa Civil Nacional, ao sr homenageada em Brasília, esta semana. Com 92 anos, Alda é considerada um ícone do radioamadorismo brasileiro e sua atuação diante das enchentes no Vale do Itajaí (SC) foi determinante para as ações de defesa civil do estado.
"Sua dedicação, Dona Alda, é um exemplo, e nos anima ainda mais, a continuar este trabalho que a senhora sabe, não é fácil, mas tem uma compensação enorme e um objetivo grandioso: construir uma sociedade mais justa, fraterna e segura", afirmou o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, durante a solenidade.

Leia mais

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

"O governo do estado é responsável pela greve na saúde", diz Ana Paula

Ana Paula na audiência pública sobre a greve na saúde

“A população catarinense merece um bom atendimento médico, assim como os trabalhadores na área da saúde devem ser tratados com dignidade. Suas reivindicações precisam ser ouvidas e soluções devem ser encaminhadas”. Com este posicionamento a deputada Ana Paula(PT), fez novamente um apelo para que o Governo do Estado abra um canal de negociações com os servidores da saúde, em greve desde o mês passado. Em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa, a parlamentar lamentou o que chamou de “descaso” dos integrantes do Poder Executivo para com a saúde pública em SC. “A greve dos servidores já entra na terceira semana, sem qualquer perspectiva de acordo”, disse a deputada.  
 O pronunciamento de Ana Paula sobre o impasse na saúde foi o segundo do dia. Pela manhã, ela participou dos debates na audiência pública da saúde. “Posso afirmar a legitimidade da luta dos profissionais da saúde e a responsabilidade da greve é do Governo do Estado”, destacou a deputada, sendo bastante aplaudida pelos trabalhadores que lotaram o auditório Antonieta de Barros. “Esses profissionais convivem com a ameaça da perda da hora plantão e do aumento da jornada de trabalho”, informou.


No site da Alesc, a cobertura da audiência pública sobre a greve


Deputados e trabalhadores analisam situação da saúde


Deputada Ana Paula(PT) na audiência pública sobre a situação da saúde no estado de Santa Catarina, na manhã desta quarta-feira. Centenas de trabalhadores, de diversas cidades do estado, lotam o auditório Antonieta de Barros da Assembleia Legislativa, onde acontecem os debates com parlamentares e representantes do Governo do Estado.

Informações: Assessoria de Imprensa do Mandato - Foto: Miriam Zommer

Audiência pública sobre greve na Saúde

Trabalhadoras e trabalhadores da Saúde reunidos no auditório Antonieta de Barros.
 
Na manhã desta quarta-feira acontece audiência pública na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina sobre a situação dos trabalhadores estaduais da saúde, que estão em greve desde o dia 23 de outubro. A audiência foi convocada pela Comissão de Saúde do Parlamento para debater estas questões: Quais os motivos que levaram os trabalhadores a paralisar as atividades, quais são as principais reivindicações e qual a real estrutura que esses profissionais dispõem para trabalhar e atender a população. A deputada Ana Paula(PT), que integra a comissão de deputados que busca intermediar negociações entre trabalhadores e Governo, participará da audiência.  

Informações e foto: Assessoria de Imprensa do Mandato

domingo, 4 de novembro de 2012

O caminho para a valorização das mulheres

Ana Paula  engajada em ato no dia 8 de março de 2012, em Blumenau
 O Governo Federal tem investido em políticas públicas com o objetivo de resgatar a dívida com as mulheres, que ainda sofrem com a discriminação no mercado de trabalho, preconceitos de gênero e altos índices de violência doméstica. "Entre as prioridades do nosso mandato está o trabalho para que sejam construídas relações mais solidárias e um mundo mais justo, onde as mulheres não sofram com as desigualdades e nem sejam vítimas de maus tratos", declarou a deputada Ana Paula, que coordena a Bancada Feminina na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina.
 Uma das preocupações da parlamentar é que o governo do estado valorize e implemente as políticas propostas em nível nacional, visando avanços para as mulheres e para a sociedade como um todo.   A respeito da situação das mulheres no país, o Jornal do Brasil trouxe, recentemente, uma série de reportagens. Assinada pela jornalista Carolina Mazzi, uma dessas matérias fala sobre o longo caminho a ser percorrido para diminuir a defasagem social e cultural à qual as mulheres foram submetidas:
 "Os avanços econômicos obtidos pelo Brasil nas últimas décadas foram fundamentais para a inclusão cada vez maior das mulheres no mercado de trabalho. Conforme mostrado durante a série de reportagens do JB sobre a Condição Feminina no Brasil, especialistas apontaram que foram elas as mais beneficiadas e uma das grandes responsáveis pelo desenvolvimento econômico do país. Apesar dos avanços, grandes disparidades persistem. Metade das mulheres está fora do mercado de trabalho. Das que estão empregadas, a maioria continua na informalidade. Além disso, a violência doméstica e a dupla jornada são realidade para um grande número delas, dificultando a ascensão profissional e social.
Um dos fatores de maior destaque na melhoria das condições das mulheres, como apontaram especialistas, é a aprovação e implementação da Lei Maria da Penha, que as protege contra o abuso e violência doméstica.  A Bolsa Família também foi citada como um dos principais fatores de ascensão social, já que as mulheres são maioria entre os mais pobres da população. "